RSS

Como pintar a óleo sobre tela

Este é o espaço de partilha livre de artigos, ajudas, demonstrações e técnicas da Escola Pintacomigo. Conheça na galeria de alunos os resultados de quem já experimentou a pintura a óleo!

Video Passo a passo - Summer Reflections - Capitulo I

Este é o primeiro de uma série de capitulos que vamos apresentar no nosso blogue como forma de  divulgação dos metodos ensinados pelos intrutores certificados Bob Ross e na Escola Pintacomigo em particular.

Já era devida esta divulgação, pois infelizmente em Portugal ainda não tivemos o prazer de ver na televisão os famosos episódios "Joy of Painting" muito difundidos no Mundo.

Aqui vai, desfrutem e beneficiem desta demonstração de João Azevedo nos vossos trabalhos e na vossa arte!

video

A preparação do fundo deste quadro envolve a utilização de cores fortes. Choca a quem vê pela primeira vez esta primeira fase de pintura reconhecer nela o resultado final. Para já  mantemos o "suspense". Veja passo a passo e prepare-se para o que vem aí!

Boas Pinturas!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Sem Segredos - SummerReflections - Parte 1

O método Bob Ross

Depois de ver um episódio da Célebre série "The Joy of Painting", sinto sempre uma vontade imensa de pintar.

Ver Bob Ross a pintar é fantástico. À parte a sua voz suave e forma engraçada de estar e falar, é emocionante porque nos mostra que não é  dificil pintar, nem sequer requer conhecimentos de desenho, nem de técnicas nem talento, como muitos de nós pensam.

Ainda assim, nas demonstrações que tenho feito ao vivo, algumas pessoas que assistem suspiram e dizem: "eu gostava de fazer isso..." mas quando os convidamos: "Não tenho jeito nenhum". 

É incrivel como algumas noções estão enraizadas nas nossas mentes! As técnicas de Bob Ross foram criadas exatamente a pensar em quem acha que não tem jeito, ou lhe falta talento. A ideia é passar um belissimo dia, relaxante, terapeutico, sem stress e a admirar a capacidade criativa do Ser Humano que todos nós temos, bem como a natureza.

A minha função não é ensinar-vos a pintar, mas simplesmente isto: despertar a vossa capacidade criativa!



Pintura de paisagem passo a passo


Esperamos que a simplicidade do método Bob Ross transpareça neste passo a passo que aqui deixamos e vos incentive a aplicar a técnica.

A palete de tinta usada é a clássica, para paisagens, e que podem consultar aqui.

Quanto ao material, vai sendo indicado passo a passo os pinceis e espátulas usados. Para mais informação, consultem o artigo sobre material de pintura

Neste artigo abordamos a primeira fase de pintura deste tema:




Passo 1 - preparar a tela: 


Tão simples e básico mas tão essencial. A tela deve ser preparada com uma camada liquida e de base oleosa de cor branca. É possivel adquirir este produto já preparado, designa-se "liquid white" e é aplicado com uma trincha (Bob Ross usava uma trincha com 5 cm) de pelos naturais.


Convém espalhar o produto pela tela de modo uniforme, através de pinceladas   enérgicas. A tela fica levamente humedecida e apenas ligeiramente brilhante.

Convém que a tela aquirida tenha primário (acrilico), caso contrário, aconselho que o aplique (ver detalhes aqui).

Passo 2 - Luz e Reflexos: 



No passo seguinte, e usando a trincha média (2,5 cm) comece a aplicar tinta em tons ocre, formando na parte superior e inferior dois "U" em espelho como se demonstra na imagem em baixo. 

A zona superior representa o Céu, a zona inferior, os reflexos do Céu na água.

Vai reparar que a tinta vai se misturando com a camada inferior de branco, pelo que os tons se esbatem levamente. A aplicação é feita em pinceladas separadas, rápidas e curtas. A ideia é deixar alguns toques de tinta nas duas áreas em "U".

Na zona inferior, pode aplicar menos tinta, já que será um reflexo. Basta usar o pincel menos carregado, ou mesmo apenas "sujo".


Passo 3: Atmosfera e Reflexos


O Passo seguinte envolve aplicar os tons do Céu e respetivos reflexos.

Para um por do Sol, como é exemplo este tema, não vamos usar um azul puro, mas antes, um tom violeta. Já sabem como o obter, se não, vejam aqui como misturar tinta.

Uma vez obtida a mistura pretendida, a qual, se observarem atentamente na imagem em cima, não é totalmente homogénea, apliquem com a trincha 2,5cm nas zonas ainda em branco. Como antes, a parte inferior do quadro poderá conter menos tinta, mas a verdade é que o quadro é seu!


Passo 4: Misturar e esbater

Para terminar esta primeira fase da pintura, usamos a trincha maior, 5 cm limpa (em aguarrás) e seca (batendo e/ou limpando com toalhetes de papel).


Com esta trincha, vamos agora dar  pinceladas longas e horizontais mas suaves, já que desta forma conseguimos misturar apenas levemente e esbater as fronteiras entre as tintas e as cores que deixámos na tela nas fases precedentes. 

É a camada inferior de primário oleoso que facilita esta mistura e esbatimento tão suave.

A partir daqui estamos prontos para aplicar as camadas seguintes e começar a criar a composição. 

Não paramos, não esperamos que seque, para prosseguir com a pintura. Não porque temos pressa, mas porque desta forma conseguimos obter efeitos maravilhosamente simples de aplicar, como vimos nesta primeira fase. 

É isso que dá o nome ao método: wet-on-wet.


Boas pinturas!


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Arte é meditação? Instruções!

Já ouviram em algum lugar alguém dizer que arte é meditação?  

É fantástico e muito gratificante o número de iniciados de diferentes vertentes que procuram as nossas aulas para sentir essa experiência.

A pintura pode realmente tornar-se uma meditação se nos perdermos na mesma, ou seja, quando deixamos de nos preocupar meramente com as técnicas. É isso que defendemos!

Osho (Rajneesh), um místico dos nossos tempos, partilhou ensinamentos, práticas e técnicas verdadeiramente contemporâneas para ajudar o homem moderno a meditar e a descobrir-se.

Neste artigo partilhamos uma prática sugerida por Osho em resposta a um pintor que o questionou sobre o tema.

Leia de seguida e pratique!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Falando pinturês

Pintar é uma forma de linguagem. 

Bob Ross, Brow Mountain


Como tal, tem tudo a ver com a nossa maneira de pensar e sentir o mundo. É por isso que uma pintura deve centrar-se numa ideia.

Muito mais que pintar uma paisagem bonita, devemos procurar pintar a forma como a vemos, a nossa forma de vermos a paisagem

Se eu acho que uma paisagem é bela, é isso mesmo que quero mostrar na pintura, ou seja, eu quero mostrar a beleza natural

Esse é que é o tema da pintura! 


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Pintar com textura


Elemento da arte - textura


Pintura com espátula de Bob Ross, Temporada 6,
Episódio 11, Western Expanse
Este elemento tem a ver com a sensação de toque (ou a ideia que obtemos dessa sensação, mesmo sem tocar) que o objeto nos transmite. 

Quer se trate de uma ilusão (2D) pela utilização de padrões (textura visual) ou simulação da mesma, quer se recorra uma textura real (3D) pela utilização de pastas, tintas com brilho variável, acetinadas ou brilhantes a utilização da textura torna as pinturas interessantes pela manipulação do valor.



Continue a ler, veja as nossas sugestões!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS